quinta-feira, 6 de julho de 2017

Não seja um hater nessa vida, seja luz, seja amor, seja FELIZ! ❤


            Muitas pessoas compartilharam essa foto nesses último dias. O conteúdo dela me fez, mais uma vez, refletir sobre o julgar e o criticar gratuitamente... Atitudes, estas, que estão tããão presentes em nós. Por que, afinal, costumamos fazer tanto isso? Inveja? Medo? Raiva? Ignorância? Com a facilidade das redes sociais parece que reações como essas tornaram-se muito mais evidentes. A necessidade de ofender o outro virou quase uma obsessão. E, de minha parte, acho bem triste ver tantas pessoas amargas, perdendo suas vidas alfinetando e ofendendo os outros ao invés de buscarem, em si mesmas, saídas para suas frustrações...
            Continuando nas redes sociais... Se tu postas uma foto és, criticada, se não postas, também. Se a artista X está vivendo sua vida maravilhosa pela Europa, com boas comidas é chamada de ridícula e mandam ela lavar uma louça. Oi? Ela não precisa, né mores! E isso não faz dela uma pessoa melhor ou pior do que ninguém... Aliás, quem não gostaria de NÃO precisar lavar louca? (rsrs). Nada de errado com lavar louça, mas a questão é muito mais profunda... Primeiro que se tu não gostas de artista x, conhecido y ou fulano z, porque raios tu segues a pessoa nas redes? Só pra fazer comentários maldosos? É sério isso? Tsc, tsc, táá perdendo tempo de mudar tua vida e ser feliz, coleguinha...
            Sem falarmos nas postagens/comentários preconceituosos que AINDA rolam por todos os cantos. Eu, de verdade, tenho muita dificuldade em lidar com isso... Serião!  Não consigo entender a lógica das pessoas que conseguem odiar uma pessoa, simplesmente, por ela ter uma opção sexual diferente, uma cor diferente ou qualquer outra coisa diferente do que ela é! Se eu julgo as atitudes dessas pessoas? Definitivamente, não! Sempre defendo minha "crença" de que cada pessoa está em um nível evolutivo. Sendo assim, muitas vezes o que é certo/errado para mim, não o é para o outro. E vice-versa.       Não posso exigir que uma pessoa aceite as mesmas coisas que eu. Cada um vive de acordo com a sua "verdade". E isso, muitas vezes, causa atitudes hostis para com o outro. No entanto, posso respeitá-la, não posso? Estamos constantemente sendo colocados à prova. Incentivar e ter respeito às diferenças e às escolhas dos outros começa dentro de casa. Lááá, quando somos bem pequenininhos e nossos pais/responsáveis já começam a nos dar o exemplo, quando nos ensinam a usarmos as palavrinhas mágicas, quando nos mostram o quanto é democrático e melhor quando dividirmos as tarefas de casa com nossxs irmã(os). Começa quando nos ajudam a aceitar que cada ser humano é único e que devemos entender que cada um têm uma história de vida, que deveria ser levada em consideração, quando nos dá vontade de julgar, depreciar, ofender. E por aí vai...
            Talvez aquele cara que se preocupe somente em ofender tudo e todos na Internet seja carente de amor, de fé, de amizades e família... Mas, se tu fores um deles e estiveres lendo esse meu despretensioso texto, peço, humildemente, que faças uma reflexão sobre tudo o que tu viveu até aqui... Aonde tu quer chegar? O que tu quer mudar em ti, em tua vida? Tudo isso dá uma trabalheeeeira, né? Então, quem sabe, ao invés de perder teu sagrado tempo (sagrado mesmo, sem ironias!) e esforço em emitir energias negativas e desnecessárias para pessoas que, muitas vezes, tu nem conheces, talvez seja melhor tu olhar pra ti e ir em luta do teu crescimento... Em todos os âmbitos da tua vida!
            Comece agradecendo todos os dias, ao acordar, por ter água potável para beber (não é louco isso?), uma cama, comida. Tem o Sol, tem a brisa. Têm os aprendizados que nos possibilitam crescer e amadurecer constantemente. Têm tanta coisa... Tente parar de dizer que odeia coisas e pessoas que nem conheces! Pare de seguir, nas redes sociais, quem afirmas não gostar (tá aí outra coisa que eu não entendo, dizer que não gosta porque não gosta, mas ok!). Ao invés disso, faça diferente, comece a só comentar coisas boas, vindas lá do mais puro e profundo do teu coração. E faça isso, não somente nas redes sociais, mas no teu dia a dia, com tua família, teus amigos... Expande tua rede de amor!
            Vamos olhar mais para o nosso umbigo, antes de querer mudar, criticar e ofender o outro. Vamos emitir muito mais amor, gente! O mundo tá, realmente, precisando...

            Eu já comecei as minhas mudanças... Vem comigo? ;)

Nenhum comentário: